MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews The process cannot access the file 'D:\home\site\wwwroot\Visitas2.xml' because it is being used by another process. 2020: 2105517
Pageviews 2019: 4355776
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Processo DPC (Defered Process Call) com alto uso de CPU pelo ProcEXP

Recentemente notei que a minha maquina estava com uso de cpu alto, mesmo quando inativa. Ao utilizar o ProcEXP (http://technet.microsoft.com/en-us/sysinternals/bb896653.aspx) notei que isto vinha do DPC. O que significa isso?
DPCs são processos que chamam um hardware ou driver e este não responde.

Qual a solução neste caso?
1) Abra o ProcEXP e verifique se algum processo é o causador, fazendo a comparação entre os percentuais de CPU. Ao encontrar o processo, encontrou o hardware que ele utiliza. Desabilite e habilite novamente.

2) Se não encontrou o processo siga o mesmo modo, porem com todos os hardwares que utilizou, desabilitando e habilitando novamente até encontrar o que resolve.

3) Verifique se existe um driver mais novo, que provavelmente resolve as chamadas que ficaram inválidas.

No meu caso era a placa de rede, uma vez que ao hibernar eu estava utilizando cabo e ao reiniciar utilizei a placa wifi. O Windows se "confundiu" e ainda procurava a placa de rede.

Posted: dez 16 2008, 14:49 by msincic | Comentários (7) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows

Limitar acesso ao Windows File Storage no Exchange 2007

Um importante recurso novo no Exchange 2007 foi o acesso pelo OWA ao SharePoint e a pastas compartilhadas.
Porem, uma questão sempre surge: Como limitar quem pode acessar o recurso de File Share?
Na interface grafica não há suporte para isso, mas pelo PowerShell é possivel usar comandos que desabilitem.
Mas há um detalhe interessante. Ao tentar bloquear apenas um recurso todos ficam desabilitados, pois o default deixa os parametros nulos, e ao fazer uma alteração todos ficam em "false".
Para resolver isso e para limitar os usuários segue as duas linhas necessárias:

1 - Desabilita de todos os usuarios o UNC File Share e deixa o restante dos recursos habilitados:
get-mailbox | Set-CASMailbox -OWACalendarEnabled:$true -OWAContactsEnabled:$true -OWATasksEnabled:$true -OWAJournalEnabled:$false -OWANotesEnabled:$true -OWARemindersAndNotificationsEnabled:$true -OWAPremiumClientEnabled:$true -OWASpellCheckerEnabled:$true -OWASearchFoldersEnabled:$true -OWASignaturesEnabled:$true -OWAThemeSelectionEnabled:$true -OWAJunkEmailEnabled:$true -OWAUMIntegrationEnabled:$false -OWAWSSAccessOnPublicComputersEnabled:$false -OWAWSSAccessOnPrivateComputersEnabled:$false -OWAUNCAccessOnPublicComputersEnabled:$false -OWAUNCAccessOnPrivateComputersEnabled:$false -OWAActiveSyncIntegrationEnabled:$false -OWAAllAddressListsEnabled:$true -OWAChangePasswordEnabled:$true -OWARulesEnabled:$true -OWAPublicFoldersEnabled:$true -OWASMimeEnabled:$true -OWARecoverDeletedItemsEnabled:$true


2 - Habilita o UNC File Share de apenas um usuário específico:
get-mailbox | Set-CASMailbox -OWACalendarEnabled:$true -OWAContactsEnabled:$true -OWATasksEnabled:$true -OWAJournalEnabled:$false -OWANotesEnabled:$true -OWARemindersAndNotificationsEnabled:$true -OWAPremiumClientEnabled:$true -OWASpellCheckerEnabled:$true -OWASearchFoldersEnabled:$true -OWASignaturesEnabled:$true -OWAThemeSelectionEnabled:$true -OWAJunkEmailEnabled:$true -OWAUMIntegrationEnabled:$false -OWAWSSAccessOnPublicComputersEnabled:$false -OWAWSSAccessOnPrivateComputersEnabled:$false -OWAUNCAccessOnPublicComputersEnabled:$true -OWAUNCAccessOnPrivateComputersEnabled:$true -OWAActiveSyncIntegrationEnabled:$false -OWAAllAddressListsEnabled:$true -OWAChangePasswordEnabled:$true -OWARulesEnabled:$true -OWAPublicFoldersEnabled:$true -OWASMimeEnabled:$true -OWARecoverDeletedItemsEnabled:$true


É possivel habilitar ou desabilitar qualquer pasta usando este recurso. Note que existem dois comandos, um para "PrivateComputer" e outro para "PublicComputer", o que obviamente tem a ver com o modelo escolhido pelo usuário quando ele faz o logon.

Posted: jul 14 2008, 14:45 by msincic | Comentários (5) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Exchange Server

Problemas em rede com o Windows 2003 R2

Eu tive diversos problemas em rede com o Windows 2003 R2 ao tentar copiar grandes arquivos para outras maquinas.
Para resolver o problema foi necessário fazer 2 passos, que devem ser feitos e testados individualmente, pois em 4 casos funcionou mas tive um servidor específico que não deu certo e era a placa de rede com defeito.

Este recurso faz o pacote de rede ser escalável, ou seja, o Windows dinamicamente muda o tamanho do pacote conforme o tipo e a constancia do tráfego. Parece muito bom, porem nem todos os SOs e dispositivos de rede tem suporte a este recurso, o que causa o problema da queda de conexão.

Muitas vezes apenas desabilitando o CHIMNEY já resolve o problema.

1) Deslique o recurso CHIMNEY do windows:

Netsh int ip set chimney DISABLED

Este recurso transfere para a placa de rede o processamento dos pacotes, o que libera o SO desta tarega, mas necessita suporte de hardware e dispositivos compativeis.

(Fonte: http://support.microsoft.com/kb/912222/pt-br)

2) Desligue o recurso "Offload TCP_LargeSend" e o "Offload Checksum" na placa de rede.

Estes recursos deveriam manter o tamanho do pacote e manter a conexão mesmo quando ocorre um problema, porem as vezes aparecem aquele "balãozinho" do windows avisando problemas na gravação de dados em rede.

Posted: abr 25 2008, 14:43 by msincic | Comentários (9) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows

URLs no .NET para acesso a sites parent

Um interessante recursos no ASP.NET atual é a vantagem de poder utilizar o "~" como acesso ao diretorio principal de uma aplicação.

Exemplo: ~/Forum/Lista.aspx

Acessa o diretório Forum dentro do raiz da aplicação, mesmo que atualmente eu esteja em outro diretorio. Anteriormente utilizamos o "." ou o ".." mas estes só funcionavam na primeira ou segunda hierarquia e se utilizado no proprio diretorio daria erro.

Posted: abr 15 2008, 14:40 by msincic | Comentários (6) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: .NET
Login
Marcelo de Moraes Sincic | All posts tagged 'SQL 2008 R2'
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2020: 2105517
Pageviews 2019: 4355776
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Novos Management Packs para SQL

Complementando o post anterior sobre os novos Management Packs atualizados após o lançamento do Windows e System 2016 (http://www.marcelosincic.com.br/post/new-system-center-operations-manager-2016-management-packs.aspx), segue atualização.

Foi liberado hoje o Preview do novo Management Pack para SQL desde a versão 2008 até 2016.

Importante que este preview já resolve alguns problemas que ocorreram com bases de dados e indicadores na console do SCOM 2016:

New SQL Server 2008/2008 R2/2012 MP Features and Fixes

  • No extra permissions on remote WMI are now required for Local System account when Always On hosts have names that are no longer than 15 symbols
  • Fixed: Always On discovery and monitoring scripts cannot read cashed values in Windows registry
  • Fixed: Wrong MP version number in some Always On scripts
  • Fixed: CPUUsage and DBDiskLatency scripts fail with the reason: “Index operation failed”
  • Added retry policy in some Always On workflows to make PS-scripts work more stable
  • Updated the visualization library
  • Changed behavior of Always On scripts for cases when WSFC service is stopped

New SQL Server 2014/2016 MP Features and Fixes

  • No extra permissions on remote WMI are now required for Local System account when Always On hosts have names that are no longer than 15 symbols
  • Fixed: Always On discovery and monitoring scripts cannot read cashed values in Windows registry
  • Fixed: Wrong MP version number in some Always On scripts
  • Fixed: CPUUsage and DBDiskLatency scripts fail with the reason: “Index operation failed”
  • Added retry policy in some Always On workflows to make PS-scripts work more stable
  • Updated the visualization library
  • Fixed: Always On objects get undiscovered when any Always On discovery crashes

New SQL Server Replication 2008/2012/2014/2016 MP Features and Fixes

  • Added support for configurations where computer host names are longer than 15 symbols
  • Fixed: MonitorDistributorSnapshotFreeSpace fails when being launched against SQL Server 2014 SP2
  • Fixed: Wrong source detection in logging
  • Updated the visualization library

New SQL Server Analysis Services 2008/2012/2014/2016 MP Features and Fixes

  • Added support for configurations where computer host names are longer than 15 symbols
  • Fixed: AS workflows sometimes crash
  • Updated the visualization library

New SQL Server Reporting Services 2008/2012/2014/2016 MP Features and Fixes

  • Added support for configurations where computer host names are longer than 15 symbols
  • Fixed: Web Service monitors do not support URL reservation https://+:<port>/<ReportServerPage> (protocol is HTTPS)
  • Updated the visualization library

New SQL Server Dashboards Features and Fixes

  • Fixed: Tiles content is replaced with question signs after a long period of inactivity

 

Download e detalhes disponiveis em https://blogs.msdn.microsoft.com/sqlreleaseservices/released-public-preview-for-system-center-management-packs-for-sql-server/

Posted: nov 24 2016, 13:00 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Upgrade do Windows 2008 R2 (com SQL Server and AD) para Windows 2012

Já realizei diversas migrações de Windows 2008 R2 para Windows 2012 no modelo de migração, onde ele gera o diretório C:\Windows.old com os dados anteriores e reconfiguro o servidor, também chamado de upgrade side-by-side.

Importante: Não deixe de verificar se os aplicativos instalados no Windows 2008 R2 estão atualizados e são compativeis com o Windows 2012. Por exemplo, o Exchange 2010 e System Center 2012 ainda não estão suportados.

Hoje resolvi fazer alguns testes de upgrade in-place (atualização) do Windows 2008 R2 para o Windows 2012, direto com a maquina no ar. E o detalhe que a maquina que migrei é um Domain Controller com as FSMOs ativas, SQL Server 2008 R2 com Reporting Services para suportar todo o meu laboratório de System Center 2012.

O resultado foi positivo, o AD subiu como esperado, o SQL Server 2008 R2 (que estava atualizado) e o SRSS funcionaram perfeitamente como mostra o print abaixo:

Migrado

E quando algo dá errado?

Isso me aconteceu, no meio da migração o HD externo que utilizo para as VMs perdeu conexão. A instalação já estava no terceiro boot quando é realizada a migração das configurações e ao reiniciar a VM tive acesso a este menu:

Boot

Escolhi a opção Windows Setup Rollback e o resultado foi excepcional. O Windows 2008 R2 retornou com todas as features funcionando, como se nada tivesse acontecido e mostrou a mensagem abaixo:

Retorno

Notem que o SQL e o restante das aplicações continuaram funcionando após o rollback, demonstrando a maturidade do processo de upgrade in-place disponivel no Windows 2012.

Conclusão

Obviamente faça backup (imagem) da maquina antes de fazer o upgrade, mas coloque o upgrade de servidores com Windows 2008 R2 SP1 para Windows 2102 como uma possibilidade segura e vantajosa!

Posted: out 02 2012, 17:19 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Utility Point - Uma ferramenta excepcional e pouco conhecida do SQL Server 2008 R2

Desde que peguei o R2 a primeira coisa que testei foi o Utility Point, já que havia ouvido falar dele no TechEd e fiquei intrigado. Ontem quando baixei a versão final vi que ficou muito bom, os seus recursos realmente são essenciais para os DBAs que cuidam de monitoração dos servidores.

Esta ferramenta não é apenas um simples monitor, mas ele se integra a vários servidores e permite que um administrador veja métricas e defina quais são os triggers de monitoração que indicam problemas.

Vou abaixo mostrar uma introdução de como fazer para configurar e utilizar o Utility Point, ou UCP (Utility Control Point):

Passo 1: Mude o View de Object Explorer do Management Studio para Utility Explorer

 

Passo 2: Utilize a opção "Create Utility Control Point" para iniciar o wizard de configuração do servidor que irá fazer o controle

 Passo 3: Tela inicial da configuração do UCP

Passo 4: Na tela seguinte basta indicar os dados do usuário que irá ser utilizado pelo servidor, e pronto. Seu servidor já é o ponto de monitoração.

Passo 5: Vá nos servidores que serão monitorados e seguindo os passos 1 e 2 anteriores utilize a opção "Connect to existing UCP" para criar uma rede de servidores monitorados.

Passo 6: Configure os threshoulds de monitoração na opção "Set Resources Health Policies" 

Pronto !!!! A partir de agora você poderá monitorar os servidores com uma interface agradável e simples, porem com uma funcionalidade que antes somente com o uso do System Center Operations Manager ou outro produto de monitoração era possivel.

Para mais informações acesse: http://msdn.microsoft.com/en-us/library/ee210548(SQL.105).aspx

Posted: abr 30 2010, 12:03 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: SQL Server
Login